O mundo é dos espertos, obedece quem tem juízo

Essa será uma longa conversa... bateu a inspiração e pensei em muita coisa, espero lembrar de tudo... começando do começo, havia pensado no título "Manda quem pode, obedece quem tem juízo". Mas então percebi que "O mundo é dos espertos" seria mais adequado. Mas acho que essa mistura final ficou boa... dois ditados populares de profunda sabedoria, auto-explicativos, e que resumem bem toda a idéia que desejo expressar nesse texto. Mas também pensei no seguinte:

Complexo de Pincher

Acho que cachorros pincher são os seres mais masoquistas do mundo. Por acaso você algum dia viu um pincher enfrentando alguém menor que ele? É incrível, são os cachorros mais nervosos do mundo, e não podem ver alguém maior que eles, que ficam absurdamente revoltados, partem pra cima de todo mundo, cachorros, pessoas, qualquer ser vivo maior que eles... ficam latindo irritante e insistentemente, mas são tão pequenos que contam com a piedade de todos, pessoas que poderiam pisar ou chutá-los, ou cachorros grandes que poderiam esmagá-los com uma mordida... ainda assim, quem vê um pincher fica admirado com sua coragem estúpida. Só pode ser complexo, são tão revoltados por serem tão pequenos, que querem provocar pra se sentirem bravos. Mas também observamos complexos semelhantes em seres humanos...

Lars von Trier e sua simpatia por Hitler

Essa idéia de Complexo de Pincher me veio a mente hoje e inspirou este texto, após ver na TV a notícia desse cineasta ou sei lá o quê, que participando desse festival de cinema, assim como um cachorro pincher, por razões incompreensíveis, em vez de se concentrar no seu trabalho, resolveu aproveitar a oportunidade para aparecer e criar polêmica... justo em cima dos judeus.

Adolf Hitler

Adolf Hitler foi o maior inimigo dos judeus no século 20, e elogiar Adolf Hitler é uma provocação para os judeus. Claro que Hitler tinha suas qualidades, não acredito que ele fosse o demônio louco que eu ouvi falar desde criança... como governante, ele realizou milagres na Alemanha, com suas estratégias de estimular a indústria automobilística e construção civil, resgatou a Alemanha da provável pior crise de sua história.

Até Bernie Ecclestone, o poderoso chefão da Fórmula 1, já andou elogiando Hitler e teve que pedir desculpas aos judeus. Hitler demonstrou qualidades excepcionais no governo da Alemanha, mas como todo mundo, Hitler tinha defeitos e qualidades. O seu maior defeito era seu ódio pelos judeus. Se Hitler não tivesse perseguido os judeus, tivesse terminado seu governo deixando os judeus e seus opositores em paz, hoje Hitler seria um herói nacional na Alemanha, pois fez um milagre maior do que o Lula fez aqui no Brasil. Lula tirou o Brasil do buraco, como Hitler resgatou a Alemanha. Mas o Lula é do bem, não tem ódio no coração.

Hitler perdeu a oportunidade de entrar para a história como um grande estadista, envenenado por seu próprio ódio. Seu ódio pelos judeus causou a II Guerra Mundial, a maior guerra da história da humanidade. Após perseguir seus opositores dentro da Alemanha, como ditador, perseguindo também os judeus, provocou a reação dos aliados.

Quem planta colhe, e o ódio de Adolf Hitler se voltou contra ele. Afinal, ele perseguiu os judeus na Alemanha, mas não era só na Alemanha que havia judeus poderosos. Os judeus estão espalhados pelo mundo todo, inclusive na França e Inglaterra, que ameaçadas pela Alemanha nazista declararam guerra. Naquela época os judeus já mandavam nos Estados Unidos, que já eram a maior potência mundial.

Tudo isso faz muito tempo, mas o ódio dos judeus por Adolf Hitler, seu maior inimigo no último século, é bastante compreensível. Qualquer elogio a Hitler é uma afronta para os judeus, não importa se ele tinha algumas qualidades, para os judeus Hitler era o mais louco dos demônios.

O mundo é dos espertos, os judeus

Acontece que os judeus são poderosos na indústria cinematográfica, assim como são poderosos no mercado financeiro, são banqueiros, investidores, também são poderosos na mídia, na imprensa... já li em algum lugar que judeus são donos das maiores redes TV, revistas e jornais dos Estados Unidos, além de controlar estúdios de cinema e grandes gravadoras da indústria fonográfica. Enfim, eles controlam os meios de comunicação, portanto influenciam a opinião pública, e quem influencia a opinião pública conquista o poder político.

Esse poder dos judeus não é exclusivo nos Estados Unidos, mas também aqui no Brasil. Além do Silvio Santos, pelo que entendi no documentário "Muito Além do Cidadão Kane", foram americanos que investiram na Globo. Imagino que a Globo também tenha influência de judeus em seu comando. Assim como nos Estados Unidos, os judeus são poderosos no Brasil.

Já vi na internet citações a uma "Conspiração Sionista" para dominar o mundo. Não seus trouxas, os judeus já dominaram o mundo, eles mandam no mundo, porque os Estados Unidos mandam no mundo, e os judeus mandam nos Estados Unidos. Desde antes da II Guerra Mundial. Por que os judeus mandam no mundo? Porque os judeus são mais espertos, e o mundo é dos espertos.

O mundo não é dos inteligentes, é dos espertos. Afinal, quantos gênios morreram na miséria, em toda a história da humanidade? Hoje mesmo, vemos médicos, policiais, professores, engenheiros, enfim, tantas profissões importantes, que exigem tanto das pessoas, mas que não recebem salários justos. Enquanto isso, jogadores de futebol e artistas ficam milionários, com atividades que não fariam tanta falta no mundo. Lei de mercado, milhões de fãs garantem a fortuna de alguns que oferecem entretenimento as massas.

Dinheiro é poder, e para ganhar dinheiro ser esperto ajuda mais que ser inteligente. Alemães e japoneses podem ser os mais inteligentes do mundo, mas os judeus são os mais espertos. Eles sabem ganhar dinheiro, é incrível a capacidade deles para fazer fortunas. Eles foram os primeiros banqueiros, mas não apenas no mercado financeiro fazem fortunas.

Judeus são capazes de construir fortunas do nada. Silvio Santos construiu um império, começando como camelô nas ruas. Gene Simmons, baixista e líder do KISS, não criou uma das melhores bandas do mundo, mas criou uma máquina de fazer dinheiro com uma banda, através de um marketing revolucionário.

A internet está causando uma revolução em nossa sociedade, mas apesar disso, além do mercado de software, ganhar dinheiro com a internet é um desafio. Alguns negócios prosperaram, mas apenas imitando no mundo virtual o que existe no mundo real. Comércio eletrônico, vendas, publicidade e propaganda. Não havia nenhuma grande idéia inovadora sobre como ganhar dinheiro com a internet.

Até que apareceram esses sites de compras coletivas, que ganham muito dinheiro com as comissões sobre as vendas. Ouvi dizer que o Luciano Huck é dono de um desses sites, nunca pesquisei se é verdade, mas não duvido nada que por trás dessa invenção estejam judeus, pois esta é a especialidade deles: ganhar dinheiro. E claro, quem tem dinheiro tem poder, quem tem poder manda. O mundo é dos espertos, a lei do mais forte é a lei da natureza.

Vivemos em um mundo capitalista, quem tem o dinheiro tem o poder, os judeus são mestres em ganhar dinheiro, portanto conquistaram o poder. Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Não é uma questão de conspiração, é questão de competência. Como eles conseguem ganhar dinheiro eu não sei. Se tivesse esse talento eu poderia ficar rico, mas paciência... a gente faz o melhor que pode.

Deixem os judeus em paz

Muita gente tem raiva dos judeus, assim como Adolf Hitler. Mas a riqueza dos judeus não é motivo para ter raiva, afinal eles não tem culpa de serem espertos. Raiva de judeu que sabe ganhar dinheiro é inveja, e como diz o ditado, inveja mata. Ódio, inveja, sentimentos negativos... são um veneno para a própria pessoa. É uma longa história, mas assistam os filmes "O Segredo" e "Quem Somos Nós", para entender a Lei da Atração e porque buscar a paz e tirar o ódio do coração.

Ao invés de gastar suas energias nutrindo o ódio pelos judeus, não seria melhor para essas pessoas gastarem suas energias e seu tempo investindo em suas próprias vidas? Afinal, se tem raiva dos judeus que ganham dinheiro, em vez de ficar remoendo sentimentos negativos, invista suas forças com o objetivo de ganhar dinheiro, assim como eles fazem. Aprenda com eles a ganhar dinheiro. Enquanto pessoas com inveja do sucesso dos judeus investem suas energias nutrindo ódio, os judeus investem suas energias no seu trabalho, para ganhar dinheiro.

Deixem os gays em paz

Eu não gosto do homossexualismo. Mas conheço gays que são ótimas pessoas, e o que eles fazem da vida deles não é problema meu. Tenho ídolos gays, dois dos melhores incríveis vocalistas de Rock e Metal, Freddie Mercury e Rob Halford. Sua vida particular não diminui o mérito de seu trabalho. Não gosto do homossexualismo, mas não tenho motivos para nutrir ódio pelos gays, seria ridículo faltar com respeito contra um ser humano apenas por discordar de sua vida afetiva. Se eles são felizes assim, que sejam... não fazem mal pra ninguém.

Mas como exemplo de como a intolerância é consequência da ignorância, alguns fanáticos enlouquecidos saem por aí agredindo, espancando e matando gays. Afinal de contas, o que ganham com isso? O que pretendem com isso? Odeiam gays, são contra o homossexualismo? Por acaso sair por aí matando gays vai acabar com o homossexualismo? No máximo o que eles vão conseguir é passar alguns anos na cadeia. Se eles acham que o homossexualismo é errado, eles estão ainda mais errados. Porque não é com agressão e falta de respeito a seres humanos que eles estarão salvando o mundo.

Se querem combater o homossexualismo, o tiro sai pela culatra... pois quanto mais faltarem com respeito aos homossexuais, mais irão dar motivos para a sociedade proteger os gays... eles estarão dando motivos para a criação de leis de proteção aos homossexuais. E no final das contas, eles não ganham nada com isso, só tem a perder.

Não seria melhor pra todo mundo, se em vez desses fanáticos perderem seu tempo, investindo suas energias em sentimentos negativos, nutrindo ódio e violência que não leva a nada de útil... será que não teriam nada melhor pra fazer? Praticar esportes, gastar suas energias em algo que irá melhorar o seu futuro, sem fazer mal pra ninguém? Deixem os gays em paz, no lugar deles... se gays se beijando incomodam, basta não olhar. Basta ficar longe deles, esquecer que eles existem, e cuidar da sua vida, em vez de se incomodar com a vida deles. Melhor pra você.

Bancos

Antigamente eu tinha raiva de bancos, provavelmente uma invenção dos judeus, certamente um tipo de negócio onde eles se deram muito bem. Eu tinha raiva dos bancos ganhando dinheiro com seus juros exorbitantes. Até que um dia a declaração de um banqueiro em uma entrevista me fez perceber como eu estava sendo ridículo tendo raiva dos bancos... afinal, pra começar os bancos tem sua importância na economia.

Mas os juros... não lembro as palavras exatas, mas ele disse que o dinheiro é a mercadoria do banco. Os juros são o lucro do banco, o valor cobrado pelos seus serviços, pela sua mercadoria... tão simples... se os bancos não cobram juros, não tem lucro. E ninguém trabalha de graça. Só paga juros quem faz empréstimo ou deve para o banco. Portanto, quem se incomodar em pagar juros para bancos, basta cuidar melhor de sua vida financeira, para não precisar do dinheiro deles.

Mel Gibson e os judeus em Hollywood

Certa vez assisti um interessante episódio do seriado Law and Order, onde um ator que não gostava de judeus passou a ser rejeitado pelos estúdios e não conseguia mais trabalhos. Sua antiga produtora confessou que entrou em contato com os gerentes dos estúdios, todos judeus, que passaram a rejeitar o ator que não gostava de judeus. Afinal, o que ele esperava conseguir tendo raiva dos judeus em Hollywood, sendo que a indústria cinematográfica é controlada por judeus? Uma medalha?

Foi mais ou menos isso que aconteceu com o Mel Gibson. O cara surtou e começou a falar mal dos judeus publicamente. Um dos maiores atores de Hollywood nos anos 90, fez vários grandes filmes, se revoltou contra os judeus e conseguiu ficar na geladeira... já faz alguns anos que não vejo novos grandes filmes dele.

Se os judeus investiram na indústria do cinema e conquistaram poder nesse ramo, se revoltar contra os judeus é também um tipo de Complexo de Pincher... assim como o Mel Gibson, o tal cineasta Lars von Trier, com seus elogios a Hitler no festival em Cannes, teve uma atitude do tipo cachorrinho latindo contra cachorro grande. Não vai conseguir nada com isso, e conta com a sorte e a paciência do cachorro grande, que pode esmagá-lo com uma única mordida.

Imprensa Sionista

Não sei o que significa Sionista, mas sei que é alguma coisa de judeu, e já vi uma comunidade no orkut cujo título era se não me engano "Maldita Imprensa Sionista". Além do Silvio Santos, imagino que a Globo tenha alguma influência dos judeus, não faço idéia como, mas... independente dos donos de jornais, editoras, revistas e redes de TV serem ou não judeus... os judeus tem o dinheiro, controlam empresas... quem tem dinheiro tem poder. E a imprensa, toda mídia, vive da venda de publicidade. Claro que a mídia não vai desagradar os judeus.

Eles tem o poder do dinheiro, da imprensa... manda quem pode, obedece quem tem juízo. Ninguém em sã consciência gosta de irritar seu chefe, irritar seus clientes... não é questão de conspiração. É a lei do mais forte, uma lei da natureza. É assim que o mundo funciona, e se os judeus conquistaram esse poder, ponto pra eles.

Capitalismo

Os judeus conquistaram o mundo com sua habilidade para ganhar dinheiro. Conspiração ou seja lá o que for, vivemos em um mundo capitalista, e nesse mundo o dinheiro é poder. Eu não sou fã do capitalismo, que não é perfeito, tem seus problemas. É injusto? Talvez... mas o mundo é cruel. No capitalismo vale a lei do mais forte, assim como na natureza. A lei do mais forte é natural.

Anarquismo e comunismo podem ser bonitos no mundo das idéias, mas não funcionam porque o ser humano pertence ao reino animal, e não escapa da lei do mais forte. O capitalismo tem seus defeitos, mas funciona porque é natural. É o sistema que funcionou melhor na história recente da humanidade. É justo, pois é justo que os cada um ganhe dinheiro de acordo com seu trabalho. E o valor do trabalho é naturalmente definido pelo mercado. Isso é justo e natural.

Os judeus se adaptaram bem a esse mundo capitalista e tiveram sucesso. Não podemos culpá-los por isso, nem podemos culpá-los se eles favorecem o seu próprio povo. Hipocrisia criticar os judeus por comportamentos naturais do ser humano.

A Bíblia tem bons exemplos... atire a primeira pedra quem nunca pecou. Acusar é fácil, mas... dai a César o que é de César... eles criaram os bancos, eles fazem as regras dos bancos... eles controlam a mídia, eles decidem o que falar e como falar, é o negócio deles... quem não gostar, que invista suas energias no seu próprio sucesso, pois não vai ganhar nada reclamando do sucesso deles...

O poder dos Estados Unidos

Não gosto da política externa imperialista americana, mas admiro muito o povo dos Estados Unidos. Especialmente pela sua iniciativa, sua atitude, que foi o que construiu a potência econômica que os Estados Unidos são hoje. O povo brasileiro tem muito o que aprender com o povo americano.

Pessoalmente, a Rússia me agrada mais, com seu clima frio, a rudeza, ao contrário da cultura do desperdício nos Estados Unidos... não tem como não admirar as mulheres russas, aquelas cavalas loiras, embora as americanas bonequinhas de porcelana também tenham seus atrativos...

Mas os Estados Unidos é a terra do Capitalismo, que dominou o mundo, enquanto a Rússia é a terra do Comunismo, que fracassou. Não funcionou, e felizmente o mundo não seguiu o modelo russo. Podemos criticar o modelo americano, mas a política russa não é melhor... o regime soviético foi cruel com seus próprios cidadãos, especialmente na 2ª Guerra Mundial, os russos foram os que mais sofreram... 20 milhões de russos morreram, graças a crueldade impiedosa dos próprios líderes comunistas.

Com a queda da União Soviética, os Estados Unidos se tornaram a única potência mundial, e com isso os judeus também aumentaram seu poder, afinal eles controlam os Estados Unidos. É o curso da história, gostando ou não.

Anti-semitismo

Dia desses ouvi falar na TV que estava aumentando o anti-semitismo. Mas ter raiva de judeu é uma grande bobagem, aliás ter raiva contra qualquer coisa é uma grande bobagem. O ódio só faz mal para quem tem ódio no coração, é um veneno que não leva a nada de bom.

Insisto nos filmes "O Segredo" e "Quem Somos Nós", são horas de grandes aulas, e quem quiser tem livros sobre o assunto também, o poder do pensamento, do sentimento... o ódio nazista contra os judeus levou a Alemanha a destruição, quando a Alemanha havia dado um salto de desenvolvimento e crescimento econômico. Ódio só leva a destruição.

A 2ª Guerra Mundial gerou um enorme desenvolvimento tecnológico, a invenção dos primeiros computadores analógicos, e desde então o desenvolvimento da tecnologia tem sido acelerado... Guerra Fria, Revolução Digital... a tecnologia e as comunicações, especialmente a internet, transformaram o mundo.

Nós podemos aproveitar a oportunidade para evoluirmos também como pessoas, como seres humanos. O mundo se tornou um lugar menor... de repente, o oriente não está apenas do outro lado do mundo, estamos muito mais próximos hoje do que a 15 anos atrás. Pessoas diferentes estão se conhecendo melhor, o mundo está se revelando na internet como nunca foi possível se imaginar.

A tecnologia avançou, o mundo mudou e melhorou de muitas formas. Mas está faltando a evolução do ser humano. As pessoas tem a oportunidade de evoluir, de aprender, de crescer, de compreender... que o ódio não leva a nada, e que todos nós só temos a ganhar com a paz.

O mundo é dos espertos, e os judeus são mais espertos. Eles estão investindo suas energias no seu próprio sucesso, enquanto algumas pessoas ainda insistem em cultivar o ódio, desperdiçando suas energias, ao invés de se libertar da inveja e aprender uma lição valiosa com os judeus: concentre-se no que você quer, no seu sucesso... e que todos vivam felizes para sempre, cada um cuidando da sua vida...

Daniel Coelho
18/05/2011
.pdf : arquivo para impressão
Filosofia : menu de textos
CoelhoVoador.net : página inicial
TocadoCoelhoVoador.blogspot.com : meu blog